BNI Brasil: Não deixe que o medo da rejeição atrapalhe seu sucesso!

BNI Brasil: Não deixe que o medo da rejeição atrapalhe seu sucesso!

BNI Brasil: Não deixe que o medo da rejeição atrapalhe seu sucesso!

Por Ivan Misner – BNI Founder

Em 1994 escrevi a primeira edição do The World’s Best Known Marketing Secret (O Segredo de Marketing Mais Conhecido do Mundo). Eu saí promovendo o livro e tentando fazer com que as livrarias o vendessem. Naquele tempo, umas das maneiras de ser fazer isso era indo as livrarias e fazer o que eu gosto de chamar “sinalizações feitas de dentro do carro” (e eu posso dizer isso, sou de Los Angeles). Um amigo meu disse que havia uma livraria na vizinhança local que não tinha exemplares do meu livro. A livraria estava um dia, literalmente, no meu caminho para casa, então parei lá, mas não conseguia me convencer a me mover o banco do carro – Eu estava paralisado demais para realmente entrar na livraria.

Eu queria perguntar se eles se importariam em ficar com alguns exemplares do meu livro para vender. No entanto, eu simplesmente fiquei sentado no carro, nervoso demais para sair. Eu pensava “e se eles disserem não”? E se eles disserem que não querem o livro mas obrigado de qualquer maneira por pedir? Não era uma livraria grande e eu não tinha certeza se disporiam a oferecer um livro de autor desconhecido. Fiquei sentado lá constrangido demais para fazer qualquer movimento em direção a entrada. Juro que coloquei a chave de volta na ignição, girei e recuei.

Eu estava tão perto. Então pensei, ok… Se eu não entrar o que vai acontecer? Decidi que as chances seriam muito boas, se eu não entrasse na livraria, de que absolutamente nada aconteceria e eles continuariam a não oferecer o livro. Se eu entrasse e pedisse, havia uma possibilidade de que eles me dissessem que não queria o livro e então eu estaria na mesma posição em que estava naquele momento.

Mas então pensei, e se eu entrar e pedi e eles disserem sim? Aquilo me faz perceber que a única chance que tinha a maior probabilidade de levar a um resultado positivo era entrando. Fazer nada me daria a mesma coisa que eu já tinha. Então fiquei repetindo pra mim mesmo “Respire fundo e entre. Isso vai acabar em dez minutos. Ninguém vai se machucar. É só uma possibilidade de um não”

Então entrei, levei um exemplar e me apresentei. “Sou o autor deste livro. Algumas das lojas da sua cadeia o estão oferecendo. Moro perto e estava pensando se vocês ficariam com alguns exemplares, talvez três ou quatro” E a resposta foi “Oh que bom, você é um autor regional! Ficaremos com 20. Você volta e os autografa para nós?” Falei que sim, que ficaria muito feliz em autografa-los. Me lembro agora, olhando para trás, que a experiência foi um tipo de ponto de intersecção para mim. Eu poderia fazer alguma coisa ou poderia não fazer nada. Somente correr o risco poderia resultar em sucesso.

Então, essa é uma das razões pelas quais eu digo às pessoas, “Não deixe o medo da rejeição impedi-lo de fazer aquilo que você está animado a fazer. Se você está animado com seu negócio, não deixe que a rejeição o impeça. Você só tem que saber que quando se trata de pedir para alguém fazer alguma coisa; algumas farão, outras não, e daí? Não é o fim do mundo”. Para mim, eu só tive que me colocar no estado de consciência de o que eu estava encarando simplesmente não era uma coisa tão importante. Agora sempre faço essa mesma coisa sempre que tenho que enfrentar uma situação que abre a possibilidade de rejeição. Simplesmente digo a mim que se alguém não quiser fazer o que eu estiver pedindo, tudo bem. Deus o abençoe. Eu o amo. Não é grande coisa.

Um bom amigo que tenho, o Dr. Mark Goulston, gosta de dizer: “Nós temos muitos menos controle sobre ganhar ou perder alguma coisa que temos sobre tentar ou desistir de alguma coisa. Sempre tente. Você pode acabar ganhando. Se você sempre desistir, você nunca consegue ganhar.”

Quando as pessoas desistem, mesmo em pensamento, acabou o jogo. Sempre tento me lembrar de que posso não ser o homem mais bem sucedido em uma sala e nem o mais inteligente, mas tenho total confiança de que sou um geral um dos homens mais persistentes. Esse compromisso de sempre tentar me ajudou a ter sucesso. O processo todo tem de começar com o velho axioma: se você acha que consegue ou se você acha que não consegue, você está certo.

 

saiba mais net empre botao

3 Comments

  1. Wagner Martins

    Pura verdade! O não ja temos estamos a procura do Sim! E temos que intestir em todas as oportunidades e nunca deixar de oferecer!

  2. JULIO CESAR PEREIRA

    Costumo dizer o seguinte: Tenho 50% de chances de um sim e 50% de um não, se o meu sorriso e a minha apresentação acrescentam 1%, então já tenho 51% , ou seja, a maioria!

  3. Carla Michele Cintra

    Essa frase é muito poderosa. O NÃO você já tem, corre atras do sim. E isso mudou a minha vida, por causa desse sim que busquei fiz uma faculdade uma pós graduação. E hoje sou uma empresária com muito orgulho da minha história.

Post Comment