Não se exiba, mostre interesse

Não se exiba, mostre interesse

Não se exiba, mostre interesse

Às vezes, nos eventos de networking, observo as pessoas se engajando no que chamo de “duelo de monólogos ”, que são basicamente conversas prolongadas como se fossem duelos de uma pessoa por vez.

Não acho que a maioria das pessoas esteja realmente interessada em participar desse tipo de conversa. O problema é que muitas pessoas estão improvisando quando se trata de networking, e muitas vezes vão direto para o modo de vendas. Quando eles fazem isso com alguém que também está improvisando, isso leva a uma síndrome do duelo de monólogo. Eu já vi isso muitas vezes.

Então, como podemos evitar a síndrome do duelo de monólogos? Acredito que a resposta é não se mostre, mostre interesse.

O objetivo do Networking

Qual é o objetivo de seus esforços de networking? Se for para construir seu negócio, então se trata de construir relacionamentos com as pessoas.

Vá a eventos de networking com a intenção de construir um relacionamento comercial. Não tente deslumbrar as pessoas com seu brilho. Você certamente pode fazer isso mais tarde. Destaque-se na multidão e impressione-os com seu interesse genuíno por eles. Não o seu interesse em vender para eles, mas o seu interesse genuíno por eles como pessoa.

Um bom networker é como um bom entrevistador de talk show. Um bom entrevistador faz perguntas aos convidados e lhes dá tempo para elaborar e responder. Acho que um bom networker é muito semelhante – eles fazem perguntas, depois ouvem e deixam as pessoas falarem.

Siga a conversa para fazer mais perguntas

Siga o fio da conversa até o ponto em que você possa fazer mais perguntas. Suas perguntas devem ser abertas, investigativas e respeitosas. Estas são perguntas que permitem ao entrevistado realmente se abrir e discutir o que você perguntou.

Aqui estão alguns exemplos de perguntas para começar. Não faça uma pergunta após a outra em rápida sucessão. Faça uma ou duas dessas perguntas no início e depois siga o fio da conversa para perguntar mais.

  • O que você mais gosta no que faz?

Se a resposta for curta, pergunte por quê? Ou peça alguns exemplos.

  • Como você começou no seu ramo?

Você pode fazer perguntas de esclarecimento quando eles começarem a falar.

  • Qual é o seu mercado-alvo?

Faça mais perguntas para saber quem são seus melhores clientes.

  • Qual é o exemplo de um grande cliente para você? 

Você quer que eles sejam muito específicos ao descrever o exemplo.

  • Quais são alguns dos desafios que você enfrenta em seu negócio?

Esta pode ser a sua oportunidade de encontrar uma maneira de ajudá-los, sem vender para eles.

Onde mais você trabalha com Networking? A que outros grupos você frequenta?

Acompanhe com: O que você gosta nesses grupos?

Esta é uma ótima informação para descobrir onde é provável que você os veja novamente.

Ouça a necessidade

Se você os ouvir descrever um problema ou necessidade de qualquer tipo, pense em alguém em sua conexão de Network pessoal a quem você confia e que poderá encaminhá-los. Nada agiliza um relacionamento mais rápido do que ajudar alguém que você conheceu referindo-o a outra pessoa – ou às vezes até mesmo a um livro, site ou artigo – que pode ajudá-lo com o desafio. É muito eficaz quando você pode indicar às pessoas outro conteúdo que as ajuda a ter sucesso e contribui muito para a construção de um relacionamento comercial mutuamente benéfico.

Muitas pessoas pensam que sabem como fazer networking, mas na verdade estão apenas fazendo ligações frias, e reuniões um a um. VOCÊ pode ser diferente. Um grande networker está totalmente engajado, fazendo perguntas e ouvindo ativamente. Eles falam sobre a outra pessoa, e não sobre si mesmos. Lembre-se: não se exiba, mostre interesse.

—————————————————————————————————————————

TEXTO ORIGINAL

Quer fazer parte do BNI Brasil e ser exclusivo em sua categoria profissional? Agende uma visita!

#BNI #bni brasil #bni global #business networking

Post Comment